sábado, 11 de fevereiro de 2012

Ex-prefeito de Santos teve suas contas aprovadas na Câmara

Depois de um início de semana agitado nos bastidores da Câmara Municipal de Santos, o ex-prefeito e deputado federal Beto Mansur vence por 13 votos a 4 o parecer contrario do TCE (Tribunal de Contas do Estado) na qual não aprovavam o orçamento financeiro municipal referente a 2003 em que o parlamentar na época prefeito de Santos exercia o seu 2º mandato.
Caso o resultado fosse ao contrário o ex-prefeito ficaria inelegível por 8 anos e não poderia concorrer a vaga de candidato a prefeito este ano, mas isso infelizmente não aconteceu porque os vereadores que votaram o parecer contrário do TCE estavam determinados a votarem a favor do ex-prefeito de Santos.
O fato mais curioso era mesmo com 12 votos no mínimo já era suficiente para Mansur vencer o pleito e não só foi isso, foi também vereadores de partidos oposicionistas ao ex-prefeito e do atual prefeito de Santos votaram a favor do ex-prefeito como o PT e PSB.
O que motivou o TCE a reprovar suas contas foram os gastos inferiores a 25% do orçamento municipal destinado a educação conforme a Constituição Federal.
Conforme declarações ao Jornal A Tribuna de Santos, Mansur relata que “considera a vitória desta segunda-feira técnica e não política”.
“Os vereadores procuraram discutir mais tecnicamente, se a conta estava certa ou errada, do que politicamente, que é quando começa a envolver o passado das pessoas, que sempre votaram contra mim”.
Outro fato que destacou foi que o Presidente da Câmara de Santos Manoel Constantino-PMDB deixou essa pauta como menos prioritária na sessão desta segunda-feira (6/2/2012) que passou e levou o tema para votação através de uma pauta suplementar, surpreendendo os parlamentares.
Além disso, a bancada tinha um novo integrante: o vereador Arnaldo Correa Neto (PT), que substituiu Adilson Junior (PT). Segundo a assessoria de imprensa, Adilson sofreu um acidente e pediu afastamento de 15 dias. Coincidentemente, o vereador é funcionário de Beto Mansur, na Rádio Cultura.
A pauta suplementar foi motivo de discussão entre os vereadores. Reinaldo Martins (PT) acredita que o assunto poderia ser abordado com mais tranqüilidade. “O tema está há meses na Casa e não tem necessidade de ser discutido hoje (ontem). Não há justificativa de tanta urgência”.
Constantino se defendeu, afirmando que o regimento interno não foi ferido. “Todos os projetos têm prioridade e cada um deles é um trabalho realizado. Não estou fazendo nada de novo, já que foi encaminhado para as comissões e chegou à presidência".
Após os argumentos de ambos os lados, deu-se início à votação. E veio a grande surpresa, já que o até então desconhecido Arnaldo Correa Neto votou a favor de Mansur. O vereador Valdir Nahora (PSB), considerado peça-chave no processo, tomou a mesma posição. Com a decisão de ambos, o deputado federal ultrapassou os 12 votos necessários para sair vitorioso da sessão.
Depois de tudo isso o caso pode parar na Justiça Eleitoral ou na Justiça Comum porque o diretório do PT em Santos vai tentar anular a votação da Câmara Municipal de Santos que aprovou as contas do ex-prefeito Beto Mansur (PP), referentes a 2003.
O partido também decidiu que o quarto suplente de vereador Arnaldo Corrêa Neto já não estará presente à próxima sessão do Legislativo, segunda-feira. Ele havia assumido o mandato temporariamente e, desobedecendo à decisão do PT, votou a favor de Beto Mansur, adversário histórico dos petistas.
Essas duas decisões foram adotadas nesta quarta-feira à noite, pela executiva do PT santista e por vereadores do partido, que se reuniram na sede local da legenda. Outros detalhes podem também conferir em uma matéria de A Tribuna de 9/2/2012.




 
Aos meus seguidores e leitores:

 
Com exclusividade vou divulgar os nomes dos 14 dos 17 vereadores que votaram a favor do ex-prefeito e contra a população santista nos quais depositaram o seu voto de confiança nas últimas eleições de 2008:


Votos contratio ao TCE:

Arlindo Gomes Barros – PSDB
Profissão: Funcionário Pública - Secretaria de Estado da Segurança Pública
          Vereador desde 2008

Antonio Carlos Banha Joaquim (PMDB)
Profissão: Representante Comercial
Vereador desde 1996 excercendo o 4º mandato consecutivo.

          Braz Antunes Mattos Neto (PPS)
          Profissão: Representante Comercial
          Vereador desde 2008

          Geonisio Pereira Aguiar (Boquinha) PMDB
          Profissão: Comerciante
          Vereador desde 2000, mas em 2004 não se elegeu, mas se elegeu 2008.

          Hugo Dupre PSDB
          Profissão: Bacharel - Professor de Educação Fisica e Esportiva.
          Vereador desde 2008

          José Lascane - PSDB
          Profissão: Professor de Matemática
          Vereador há 34 anos

          Manoel Constantino dos Santos- PMDB
          Profissão: Portuário aposentado
          Vereador desde 1982
          Presidente da Câmara Municipal

          Marcelo Del Bosco - PPS
          Profissão: Administrador de Empresas
          Verador desde 2008
Vice-presidente da Câmara Municipal

          Marcus de Rosis - PMDB
          Profissão: Comerciante
          Vereador desde 1988
          Lider do governo

          Odair Gonzales - PR
          Profissão: Advogado e Contador
          Vereador desde 1988, mas não se elegeu em 2004 voltando a se eleger em 2008

          Roberto Oliveira Teixeira - PMDB
          Profissão: Pastor Evangélico
          Vereador desde 2000

          Sadao Nakai - PSDB
          Profissão: Empreendedor, administrador e professor de artes marciais
          Vereador desde 2008

          Valdir Nahora- PSB
Profissão: não informado
Vereador desde 2010



Votos a favor do TCE:


Adilson dos Santos Junior- PT *
Profissão Radialista
Vereador desde 2008

Cassandara Maroni Nunes - PT
Profissão: Geologa
Veradora desde 1992

Reinaldo Martins - PT
Profissão: Professor de História
Vereador desde 2004, mas não se reelegeu em 2008 e em 2011 reassume no lugar da ex-vereadora eleita deputada estadual Telma de Souza
Benedito Furtado - PSB
Profissão: Portuário e Jornalista
Vereador desde 1989

* vereador afastado por licença médica por 15 dias assim não votando na sessão da Camara. No seu lugar votou no parecer contrario do TCE o Vereador Suplente e Radialista Arnaldo Correa Neto (PT), e funcionário do ex-prefeito Beto Mansur.
Imagem dos atuais 17 vereadores de Santos, somente 3 foram honestos
com o eleitor que honrou com o seu voto na eleição de 2008
Foto: André Luiz Simões Andrade

     
Para encerrarmos dou um recado a população de Santos. Nestas eleições em outubro de 2012 vamos votar consciente, chega de votarem nos mesmos vereadores que estão até mais de 20 ou 30 anos de mandatos ininterruptos, ao povo santista vamos enxergar e olharmos a realidade, chega de bairrismo, vamos olhar para frente, vamos eleger novos políticos, não se iludam porque aquele já é experiente e conhece. É isso que vemos e nada muda e não adianta falar mal e ofender os nossos políticos pessoalmente e sim a mais culpada é a população que não sabe votar.
 A solução disso tudo é o voto e chegar no local de votação basta votar não aos políticos que mais uma vez traíram a confiança da nação santista, foi simbolicamente mais um tapa na cara da população. Em outubro vamos votar certo, esse é o recado do Blog Conscientização.












3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Matéria Isenta e bem escrita. Obrigado por destacar minha foto. Já compartilhei em várias páginas e indiquei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Sr. André Luiz por visitar o meu Blog. Vou lutar incansavelmente através do Blog Conscientização e pelas redes sociais a combater esse politicos da nossa cidade que mais uma vez traiu a confiança de seus eleitores. A política de Santos precisa ser renovada. Depois quando chega em 2014 ano de eleição presidencial a população santista reclama porque tem menos deputados federais e estaduais representando a Baixada Santista, mas na hora de votar em vereadores de Santos votam em peso e desnecessários.

      Excluir